sexta-feira, 27 de abril de 2012

E isso foi idéia de quem?


E tenham todos um ótimo final de semana! :-)

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Como declarar Investimentos no Imposto de Renda?

Sensacional esta série de posts do Blog do Investidor. Me ajudou muito!

http://www.blogdoinvestidor.com.br/investimentos/como-declarar-investimentos-no-imposto-de-renda/

Até que enfim entreguei a declaração. rs

domingo, 22 de abril de 2012

Comprou um Uno, mas pagou o valor de um Tucson? Veja quanto custa parcelar

http://economia.ig.com.br/financas/meubolso/pagou-uma-tucson-mas-levou-um-uno-veja-quanto-custa-parcelar/n1597624327061.html

Post relacionado:
Análise de quitar o financiamento do meu carro



Descubra os segredos de como não ser enganado por vendedores de carros, corretores, concessionárias, mecânicos e economizar de R$ 1.000,00 a R$ 5.000,00 todos os anos! 
  
O Livro O Segredo dos Carros já teve mais de 3.000 exemplares vendidos na internet, chega agora a versão Digital, atendendo à centenas de pedidos ao autor.


O Segredo dos Carros: Carros Usados - Como economizei 13 mil reais



Porque escrevi o livro O Segredo dos Carros

 
Entrevista com o autor do livro O Segredo dos Carros
O Segredo dos Carros: Comprando Gato por Lebre
 

Como compartilhar uma planilha do Google Docs com opção apenas de leitura para todos na internet.


Eu costumo muito colocar nos meus posts planilhas do Google Docs para simular minhas "teorias".
Sempre disponibilizo no modo apenas leitura. Mas sempre dou possibilidade para o caro visitante  baixar a planilha para fazer o que quiser.

Segue abaixo um breve tutorial de como compartilhar a planilha criada no Google Docs.

1- Feito a planilha, clique em "Share".


2- Clique em "Change".

3- Marque "Public on the web".

4- Clique em "Save".


5- Copie o endereço gerado e cole em qualquer lugar para guardar.
Este é o endereço da planilha que você irá divulgar. 



6- Clique em Done. O processo todo acaba aqui.


7- Divulgue para quem ou onde quiser o endereço da planilha.
Esta imagem abaixo mostra como o usuário para quem você passou o endereço da planilha poderá baixá-la e fazer as alterações que quiser.



E como o intuito é compartilhar...

A planilha utilizada no exemplo, foi esta:


Bom divertimento!

Página do Investidor Defensivo criada no Facebook!

http://www.facebook.com/investidordefensivo
Curta para seguir as novidades!

terça-feira, 17 de abril de 2012

Tesouro direto e a questão da marcação a mercado

Sobre o título pré-fixado LTN (Letras do Tesouro Nacional).
http://profelisson.com.br/2012/01/30/tesouro-direto-e-a-questao-da-marcacao-a-mercado/

Não acredite na taxa de retirada de 4% para aposentar! Pense, estude e aja financeiramente bem!

Não gosto de fazer posts grandes, pois simplesmente acho que muita gente não lê.
O que motivou a escrer este post foi este link que o Sir Income me passou:Aposentadoria – a regra dos 4%

Resumindo todo o meu post em 5 tópicos:

1- Essa regra de 4% taxa de retirada é totalmente desanimadora e muita gente nunca irá conseguir ter essa taxa para aposentar.

2- Não acredito em taxa de retirada segura de 4%. Pode ser mais ou pode ser menos. Ela é variável ao longo dos anos.Depende exclusivamente de você!

3- Temos que é que estudar para reduzirmos nossas despesas, investir melhor, orçar melhor.Frugalidade.

4- Não acredito que um blogueiro como o Viver de Renda (estou citando ele, pois ele utiliza esta taxa) também outros blogueiros e outras pessoas que cuidam e estudam finanças precisem realmente seguir essa taxa. Eles são financeiramente inteligentes para controlar seus investimentos, receitas e despesas ao longo dos anos.E isso encurta muito a jornada de independência financeira, já que acredito que é preciso de um capital acumulado muito menor.

5- Tudo que citei acima vale para o conceito de independência financeira e não para se tornar milionária, bilionária...


Logo abaixo apenas copiei os pontos que achei mais interessante do texto, mas aconselho FORTEMENTE todo mundo ler o artigo completo:

Taxas de retirada são realmente seguras?

É muito rico este artigo. (Não conhecia esse site, Financial Mentor. Violentíssimo. Tenho muito que ler dele ainda.) Tem muita coisa deste texto que não citei neste post. Mais um motivo para vocês lerem por completo.

Meu resumo (tudo abaixo foi copiado do google translate e fiz poucos ajustes):
"O ponto é que uma taxa de retirada de 4% no primeiro ano de aposentadoria que é ajustada a cada ano para a inflação não tem qualquer aplicabilidade mundo real. É uma ficção da pesquisa acadêmica.

Aposentados do mundo real aumentam os gastos, quando seus ativos têm uma boa rendimento e cortam gastos quando os ativos são destroçados. Eles gastam mais nos primeiros anos de sua aposentadoria quando a sua saúde é forte e viagens pelo mundo acena, e eles reduzem os gastos como a sua energia e saúde diminuem com a idade.

Em vez disso, ser inteligente e ajustar seus gastos com base nos resultados reais que você experimenta.

Então, o que deve fazer um aposentado?
Se a regra de 4% não é a resposta, então o que é?
Infelizmente, não simples "plug-and-play" modelo surgiu para substituir a regra de 4% (o que provavelmente explica por que tem persistido apesar imprecisão). Abaixo vou lhe fornecer um processo de quatro etapas para servir como uma diretriz para determinar uma aproximação razoável para uma taxa de retirada segura. Ele inclui vários ajustes que você pode fazer para determinar uma taxa de retirada razoável para sua situação de aposentadoria...

Longevidade: Decida primeiro quanto tempo você precisa do seu dinheiro para durar. Eu sou pessoalmente o orçamento para uma vida útil de 100 anos, porque nada menos
que isso, é financeiramente arriscado. Quando seu horizonte de retirada for maior que 30 anos não é seguro gastar a parte principal (gaste apenas os juros). E quando o tempo diminuir, ficar mais velho, torna-se viável gastar a parte principal.
Utilize esses fatos para definir sua taxa segura de retirada.

Avaliações de mercado: é avaliar o nível de risco inerente a avaliações de mercado para que você possa decidir um mix de ativos adequada e taxa de retirada dada a sua
expectativa de longevidade e do ambiente econômico.

Filtrar: Agora que você tem uma taxa de retirada de referência considerar subtraindo para outros fatores discutidos acima. Por exemplo, se você paga taxas de consultor
de investimentos e investe em fundos mútuos de alto custo, então você pode querer reduzir a sua taxa de retirada em conformidade.

Corrigir e ajustar: Depois de escolher sua estratégia de investimento e taxa de retirada não cometa o erro de defini-lo e esquecê-la. Lembre-se de 3 ª Geração pesquisa
por Wade Pfau mostrou como a maior parte de sua financeira "blow-up" de risco é determinada pela seqüência de retornos e inflação durante os primeiros 10 anos. Você
pode precisar de ajustar a sua estratégia baseada em resultados reais e você certamente não deve cegamente aumentar a quantidade que você gasta a cada ano pela taxa de
inflação como a regra de 4% indicaria. Revisitar você planeja a cada poucos anos para que você nunca gastar muito grande uma porcentagem de suas economias em um ano,
independentemente do que a pesquisa lhe diz. "



Outra parte do texto:
"Lição aprendida: Sua taxa de retirada verdadeiramente segura para 30 anos é altamente dependente da seqüência de 10 anos do primeiro dos retornos e taxa de inflação. A sabedoria convencional de 4% é uma estática, a aproximação pelo denominador comum, mas as taxas reais de abstinência seguros são altamente variáveis.

Lição aprendida: Se você investir em ETF de baixo custo sem adicionais honorários de consultoria, então você pode ser capaz de ignorar a questão despesa de investimento desde o seu impacto deve ser limitado.  No entanto, se você investir com um consultor em caros fundos mútuos então esta questão é uma consideração séria que poderia reduzir a quantidade que você pode retirar a cada mês em 10-20%. É uma questão importante a considerar que poucos conselheiros irá explicar-lhe ... por
razões óbvias."


Outros links:
Que medo.Coisa demais para aprender.
Ainda sou um faixa azul em finanças pessoais...
Artigos sobre planejamento de aposentadoria.

Estratégia de retirada em um "Bear Marketing"

Blog do doidão Wade Pfau , pesquisador sobre as estratégias de planejamento de aposentadoria PHD em Economia, que o Andre Massaro citou no artigo dele.
Quem ler tudo, sobe de faixa!rs

Como investir em fundos imobiliários

http://hcinvestimentos.com/2012/04/17/como-investir-em-fundos-imobiliarios/

domingo, 15 de abril de 2012

Documentário "The Money Fix" e Emprego x Trabalho

Segue um documentário interessante sobre sistemas monetários alternativos que, na minha opinião, infelizmente não vou estar vivo para ver isto funcionar por completo.

"O DINHEIRO QUE CURA" - "THE MONEY FIX" (2011) LEGENDADO

Mas a parte mais interessante do vídeo para mim foi a parte que expõe sobre a diferença entre emprego e trabalho.

Pelo menos assistam esta parte do vídeo.

Inicia em: 00:41:55
Termina em 00:48:47

Creio que a maioria tem um emprego ao invés de trabalho. O Pobretão e o Caçador de Ações com certeza tem um Emprego.rs

Como é um dia sofrido de trabalho na vida de um pobretão

Odeio Segunda-Feira Odeio Trabalhar 2º Parte

Cada vez mais vejo a semi-aposentadoria, agindo com o conceito de trabalho e não de emprego, como uma etapa intermediária saudável até conseguirmos alcançar a independência financeira por completo. Eu ainda também não "encontrei" meu trabalho...

Post relacionado:
O que é emprego e o que é trabalho?

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Existe um investimento para R$ 1 milhão que me dê um lucro líquido de R$ 12 mil?

http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/mauro-halfeld/2012/04/13/EXISTE-UM-INVESTIMENTO-PARA-R-1-MILHAO-QUE-ME-DE-UM-LUCRO-LIQUIDO-DE-R-12-MIL.htm

Gasto com escola: Cinco mil reais por mês !!!
Aí fica complicado mesmo! Esse vai trabalhar é até morrer!
Aumentar as despesas sempre que há um aumento de receita é não sair do lugar!
É a famosa corrida dos ratos!

O caminho mais rápido para independência financeira pra mim é a frugalidade e investir bem.

Quando o coelho (crescimento) alcança a tartaruga (boas pagadoras de dividendos)?

Empresas de Crescimento x Boas Pagadoras de Dividendos ou FII 

Na teoria, empresas de crescimento ganham em questão de rentabilidade e acumulação de capital após anos de investimento. Alguns consultores financeiros aconselham investir mais em empresas de crescimento e só no final, trocar por empresas boas pagadoras de dividendos. Mas quando isso acontece? E o que é melhor? Ter um crescimento menor, mais estável com menos stress ou ir a toda velocidade, com uma volatilidade maior, mas em compensação, teoricamente ganhando muito mais no final? Esse final é perto? Te atende? Você vai estar vivo?
Mais uma vez, tento analisar essas "verdades" criando uma planilha.

Algumas considerações:
Todo dividendo foi reinvestido.
Taxa de crescimento e dividendos regulares.
Não há quedas.Isso não acontece na vida real. Por isso, simulem com rentabilidades reais médias das empresas que vocês investem.Considerei dividendo mensal. Na maioria das empresas boas pagadoras não são mensais. Mas considere que não seja uma ação, seja um FII, por exemplo.

Baixem a planilha, simulem e tirem suas próprias conclusões. Cada caso é um caso. Bom divertimento! ;-)

https://docs.google.com/spreadsheet/ccc?key=0Amiol_bBFpTNdDhPZjFqNFlaa2NSeDBBUlUyUzZtVWc

quinta-feira, 12 de abril de 2012

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Novo cartão promete até 200 prestações

É meu povo... Aonde vamos parar? Quanta insanidade!

http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2012/04/11/novo-cartao-de-credito-faz-parcelamento-em-ate-200-vezes-especialistas-sugerem-cuidados.jhtm

Acabo de comprar Coelce (COCE5)

Acabo de comprar Coelce (COCE5).
http://fundamentus.com.br/detalhes.php?papel=COCE5&x=19&y=15
Queria ter comprado Cemig (CMIG4) para diversificar. Mas não tive coragem de pagar o preço.
Acho que subiu demais em pouco tempo. Não fiz nenhum estudo fundamentalista, "achismo" mesmo.
Outra coisa. Gostaria da opinião de vocês sobre a Eletropaulo (ELPL4), seus problemas, dívidas e se mesmo assim é uma boa comprá-la.



terça-feira, 10 de abril de 2012

Planejamento sim, milagre não.

"A vida de professor é realmente apaixonante e desafiadora, pois a toda hora me surpreendo com perguntas interessantíssimas. Certa vez, um companheiro de trabalho contou-me que ouviu um comentário de determinada aluna, logo após uma aula minha sobre finanças pessoais. Ela dizia: “estou desconfiada daquele professor, pois se ele sabe tanto como lidar com dinheiro, por que ele trabalha? Por que ele não é rico?”."

http://profelisson.com.br/2011/10/21/planejamento-sim-milagre-nao/

segunda-feira, 9 de abril de 2012

É mais fácil economizar dinheiro do que ganhá-lo.

http://www.efetividade.blog.br/2012/04/09/e-mais-facil-economizar-dinheiro-do-que-ganha-lo/

Uma conta básica, pra mostrar o quanto é mais fácil economizar dinheiro do que ganhá-lo.

Para ganhar 10 reais em 1 mês, considerando se fóssemos investir na poupança (para curtissimo prazo,claro) precisaríamos de R$ 1.666,66.

Ou seja. Acho mais fácil pesquisar um pouco melhor os preços.rs

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Compras e vendas de ações efetuadas hoje


Lá vou eu de novo!


Hoje efetuei os seguintes movimentos:


Venda:
AMAR3
KLBN4
RAPT4
RENT3
TOTS3

Compra:
COCE5F
VIVT4F
GETI4F
ETER3
TNLP4
CGAS5F
WPLZ11B
FLRP11B

Mudança de estratégia: 
Foco agora é boas pagadoras de dividendos e FIIs.

Mais detalhes na próxima atualização mensal.

domingo, 1 de abril de 2012

Utilizando um fundo bancário ETF para reduzir o custo dos aportes


Esta estratégia é para quem interessa em investir em ETFS.
A proposta dessa análise é testar a viabilidade de utilizar a estratégia de pequenos aportes mensais em um fundo bancário ETF (muitos bancos possuem um fundo PIBB) de custo de aporte zero e depois de um ano (ou mais ou menos), retirar o dinheiro e investir diretamente em PIBB11 ou BOVA11.
Investindo diretamente, conseguimos "fugir" da taxa de administração de 1,5% quando já tivermos um bom montante acumulado. As taxas do PIBB11 ou BOVA11 são bem menores.

Baixem a planilha. Façam as simulações. Qualquer erro, me avisem.

https://docs.google.com/spreadsheet/ccc?key=0Amiol_bBFpTNdGsxVUprLVY5Rk9RWVowOXU0ZThJVVE

Assunto relacionado
Taxa de administração: como ela afeta o retorno do fundo?
http://www.infomoney.com.br/fundos-renda-fixa/noticia/493214