sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Será que é melhor investir mais em empresas boas pagadoras de Dividendos?

Estou investindo em ações com estratégia de uma carteira "índice" (carteira composta com muitas ações) até o momento.

Entendo que o ideal seria montar uma carteira composta de um mix de:
- Empresas que pagam bons dividendos.
- Empresas de crescimento, que pagam poucos dividendos.

Isto porque empresas que pagam muitos dividendos crescem pouco e as de crescimento tendem a crescer mais, pois conseguem reinvestir seus lucros nas próprias empresas. Fazendo uma mistura dos 2 tipos de empresas, teríamos uma carteira bem diversificada e com uma performance considerável.
Hoje, por curosidade, resolvi fazer uma análise de comparar o índice IDIV que é:
"O IDIV é composto pelas empresas listadas na BM&FBOVESPA que apresentaram os maiores “dividend yields” nos últimos 24 meses anteriores a seleção da carteira. Não estão incluídas nesse universo empresas emissoras de BDRs e empresas em recuperação judicial ou falência."

com alguns demais índices do mercado:

Entrei no site do ibovespa e peguei taxas médias de crescimentos do IDIV período de 2005 a 2013.

Notem que de 2005 a 2013 são geradas 36 combinações (períodos).
Isto porque é gerado várias taxas de crescimento, por exemplo: 2005 a 2006, 2005 a 2007, 2005 a 2008, 2005 a 2007 e assim em diante.

Meu trabalho foi pegar estes 36 períodos contabilizar quantas vezes o IDIV foi melhor que os outros índices. 

Não esperava que o IDIV tivesse saído bem melhor que os outros índices. Vejam o placar:

IDIV versus IBrX50 = 32 a 4
IDIV versus Ibovespa = 33 a 3
IDIV versus SMLL = 27 a 9
IDIV versus IEE = 17 a 19 (obs: IDIV perdeu em quantidade, mas ganhou em todos os períodos que consideram 2012 e 2013. )

Clique aqui para ver a planilha que tabulei os dados.

Sei que:

- Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura.
- Base de dados e período muito pequeno para uma estatística "confiável".

De qualquer forma, fiquei meio tendencioso a ter mais empresas que pagam bons dividendos do que de crescimento na minha carteira.

Para complementar, segue o artigo do Estrategista e as taxas médias de crescimento:



24 comentários:

  1. Resultado de seu giro na carteira:

    Venda de CIEL3 a 60,50 - último preço: 64,72
    Compra de NATU3 a 50,34 - último preço: 48,86

    É por isso que o VR disse que a "blogosfeira" tá um lixo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuo com mais de 5% da carteira em CIEL3, com lucro de 41,70%.
      A venda de parte de CIEL3 foi para controle de risco.

      NATU3 realmente caiu. Mas ela já esteve mais de R$ 55,00.
      http://www.fundamentus.com.br/cotacoes.php?papel=NATU3

      Se a blogosfeira tá um lixo, aguardo sua contribuição para torná-la melhor. Qual o seu blog e sua carteira de investimentos?



      Excluir
    2. ui...Se houvesse botão de "like" faria neste teu post ID kkkkkkk

      Excluir
    3. Toma anônimo !
      Fácil é criticar, quero ver você dar a cara a tapa, criar um blog e compartilhar seus conhecimentos.

      Quanto ao VR ter dito aquilo, talvez ele esteja com complexo de semi-god, tal qual o Heavy Metal tem.

      E lamento se vc olha uma operação e critica o blogueiro com argumento tão fraco. Ajustes são corretos e necessários em carteiras. Tolo é aquele que não acompanha o que acontece com seu patrimônio e deixa ao sabor do vento e sorte para verificar depois o desempenho.

      Excluir
    4. Vc acompanhou o que aconteceu com suas OGX, Poney?

      Então tem que fazer um blog para criticar os blogueiros "magnânimos"? Não, não vou fazer, pois creio que isso seria como jogar pérolas aos porcos.

      E controlar risco com esse patrimônio ínfimo? Eu vou dar muita risada quando daqui a algum tempo esse blogueiro voltar a comprar CIEL3 a R$ 80... rs

      Excluir
  2. Belo estudo, ID!

    O período em si não é tão pequeno assim, pois estamos lidando com médio prazo.

    O problema mesmo é o contexto: enquanto as empresas de crescimento encontraram problemas para se capitalizar nos últimos anos, as empresas de dividendos conseguiram se manter muito bem com o seu fluxo de caixa.

    A meu ver, suas cotações acabam sendo reflexo de um contexto que ainda pode se agravar com o final do QE3. Mas para quem pensa diferente, pode ser uma excelente janela de compras para as empresas de crescimento.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante sua colocação sobre o contexto. Não tinha pensado nisso.
      De qualquer forma, o que percebo é realmente o quanto o mercado é imprevisível. Não esperava que as boas pagadoras de dividendos tivessem um melhor performance que as de crescimento.
      Talvez, em um longo prazo, as de crescimento consigam cumprir a "teoria","promessa" de uma performance melhor. Disse talvez!rs
      Não sabemos quando isso pode acontecer. Refletindo novamente sobre o assunto, talvez uma carteira equilibrada entre crescimento/dividendos realmente consiga uma rentabilidade razoavel ao longo dos próximos 15 a 30 anos ainda da minha jornada.

      Estava por fora desta questão do QE3... Até dei uma pesquisada rápida aqui.
      http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/2828931/fed-pode-antecipar-corte-qe3-para-fim-deste-ano-diz
      Não sei o quanto pode afetar as empresas aqui do Brasil.

      Abs!

      Excluir
  3. Olá ID,

    Acho importante uma carteira diversificada entre dividendos e crescimento.
    No meu caso hoje minha carteira é mais crescimento do que dividendos ?
    Pq ? Pq quero maior crescimento patrimonial, com maior risco e em menor tempo. Eu tolero as eventuais perdas no curto prazo por um ganho maior no longo prazo.
    Como meus aportes no meu padrão são altos, não dependo dos dividendos para reinvestimento, eles até participam no bolo, mas tem pequena participação. Com o tempo, posso equilibrar entre as duas classes e lá na frente até ter mais ações de dividendos do que crescimento. Por enquanto, planejo para mim compensar a tardia entrada no mercado financeiro, indo mais para as ações de crescimento.

    Lambida do Poney !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão é saber (no caso não dá para saber), quando e em qual período, qual é este longo prazo onde as de crescimento tomarão a frente. Por isso acho que é bom diversificar entra as 2 mesmo.
      Indo mais para crescimento vc está "apostando" que pegará a "onda" de alta das de crescimento nos próximos X anos.
      Abs!

      Excluir
    2. Sim é isto mesmo. Se a aposta for com as empresas certas, não tem como não dar certo.

      Excluir
  4. pessoalmente, coloco o dinheiro do meu bolso em ações boas pagadoras e uso o dividendos delas para comprar crescimento... veremos como me saio.

    me add na blogroll!

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um com sua estratégia... Boa sorte!

      Adicionei seu blog! Abs!

      Excluir
  5. Na verdade, o mix de dividendos/ crescimento ajuda e reduzir a volatilidade total da carteira, pois as ações de dividendos tendem a ter uma volatilidade menor. Isso é bem claro quando você olha o IDIV X IBOV, onde as altas do IDIV não são tão grandes mas as quedas também não... resultado? o efeito dos juros compostos nas ações de dividendos tende a ser maior. Agora, a comparação com o IBOV talvez não seja a melhor, o índice é muito contaminado pelo fluxo. Para representar as ações de crescimento, talvez o índice de Small & Mid-Cap fosse mais adequado... que tal reprisar a análise comparando IDIV com SMAL? Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com o que vc comentou sobre a volatilidade.

      Sobre a comparação IDIV com SMALL, já está no post, com o SMLL.
      Ou entendi errado?

      abs!

      Excluir
    2. Tá certo, passei na diagonal nessa parte do texto... my bad

      Excluir
  6. Minha carteira de ações de dividendos hoje é o dobro da carteira de crescimento, acho que é por aí...
    Investidor, pode me adicionar na sua lista de blogs?
    http://blogdouo.blogspot.com.br/
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uó,

      Vc já estava na minha lista.
      Mas está aparecendo como "Investindo em Ações, FIIs e TD".

      Não sei pq...

      abs!

      Excluir
  7. Excelente post. Sempre ouvia essa de que empresas pagadoras de dividendos cresciam menos, mas agora vou ficar mais esperto quanto a isso. Meu foco é dividendo, quero renda passiva e não invisto se a empresa não tem pelo menos uns 5% de DY. Grande abraço e me adiciona no blog roll por favor, vou add vc lá no meu blog tbm!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb sempre ouvia isto. Hoje penso que é apenas uma probabilidade e não uma certeza de acontecer. Por isso que hoje penso que é melhor diversificar entre boas pagadoras e crescimento.
      Não preocupe se a empresa dê menos de 5%.. Se não der por bem, faça por mal!rs Vc pode vender uma parte dela até alcançar este "dividendo forçado" de mais de 5%.

      abs!

      Excluir
  8. Obs: Já te add no blogroll.
    http://despejandoinformacoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir