segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Poupança nem sempre é o melhor investimento no curto prazo

Fiz uma planilha onde mostra que o tesouro direto pode render melhor que a poupança no curto prazo (menos de 1 ano). Clique aqui.

Analisei que para saber qual seria o melhor investimento, devemos considerar das seguintes variáveis:

- Valor a ser investido
- Rentabilidade do título do tesouro direto bruto ao ano
- Gasto de efetuar o doc para corretora
- Imposto de renda (varia pelo tempo investido, de 22,5% a 15%)
- Quantidade de meses de investimento


Considerei investimentos em títulos prefixados do tesouro direto que estão mais próximos de vencer. No exemplo, utilizei o título LTN 010112 que irá vencer em janeiro de 2012.

Obs: Como sempre, caso tenha algum erro de cálculo na planilha, favor me informar.







8 comentários:

  1. ID,

    A LTN vai pagar o valor de 12,67% no vencimento e não anual. Sendo assim, esse valor será o valor bruto pelos 10 meses.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Já resolvemos isso. é 12,67% ao ano mesmo.rs

    ResponderExcluir
  3. Mas com o tesouro direto naum sou obrigada a pagar imposto de renda

    ResponderExcluir
  4. Olá Brit,
    Infelizmente é sim...rs

    + QUAIS SÃO OS CUSTOS ENVOLVIDOS NA APLICAÇÃO(IMPOSTOS E TAXAS)?

    19. Há cobrança de taxas?
    20. Quais impostos são cobrados?
    Os impostos cobrados sobre as operações realizadas no Tesouro Direto são os mesmos que incidem sobre as operações de renda fixa, ou seja, Imposto de Renda - pessoa física sobre os rendimentos dos títulos e nos investimentos de prazo inferior a 30 dias IOF.
    A Lei nº 11.033, de 21 de dezembro de 2004, alterou a tributação incidente sobre as operações do mercado financeiro e de capitais, incluindo as alíquotas de Imposto de Renda na fonte incidentes sobre os rendimentos do Tesouro Direto. De acordo com a redação legal, as alíquotas válidas a partir de 1º de janeiro de 2005 são as seguintes:

    I - 22,5% (vinte e dois inteiros e cinco décimos por cento), em aplicações com prazo de até 180 (cento e oitenta) dias;
    II - 20% (vinte por cento), em aplicações com prazo de 181 (cento e oitenta e um) dias até 360 (trezentos e sessenta) dias;
    III - 17,5% (dezessete inteiros e cinco décimos por cento), em aplicações com prazo de 361 (trezentos e sessenta e um) dias até 720 (setecentos e vinte) dias;
    IV - 15% (quinze por cento), em aplicações com prazo acima de 720 (setecentos e vinte) dias.

    fonte: http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto/faq.asp

    ResponderExcluir
  5. Amigo, sua planilha não deixa editar os valores em amarelo..tem como atualizar?

    Grato.
    Rafael

    ResponderExcluir
  6. Olá Rafael,

    Baixe a planilha para sua máquina.
    Aí vc consegue alterar tudo.
    Na página da planilha vá em:

    File-> Download as -> Excel por exemplo

    boa diversão!

    abs!

    ResponderExcluir
  7. qual a melhor aplicação para 600 mil reaqis??
    o que rende mais por mês e custa menos impostos???
    grata

    ResponderExcluir
  8. Melhor aplicação para 600 mil reais depende do seu perfil, objetivo etc...
    Papeis Ações se vc vender até 20 mil reais ao mês não paga imposto de renda. Ações possivelmente rendem mais a longo prazo. Eu disse possivelmente! Nada garantido. E depende do intervalo de anos que vc está investindo. Por isso é importante diversificar entre RF e RV.
    abs

    ResponderExcluir