sábado, 29 de janeiro de 2011

Minhas estratégias financeiras atualizadas

Segue abaixo as ações que já estão em processo de execução:

01- Investir 50% em RF e 50% em RV.
Motivo: Estar preparado para uma futura crise financeira com queda de até 50% dos valores das ações e fazer o rebalanceamento.
Obs: O meu investimento em previdência privada não entrará nos cálculos do percentual de RF e RV que possuo. Irei considerar apenas a poupança e o tesouro direto por exemplo. Pois tais aplicações consigo migrar para RV em um futuro balanceamento. Com isso, na realidade sempre terei um pouco mais investido em RF do que em RV.

02- Em renda variável: Investir apenas em PIBB11
Motivo: É o menor taxa administração de um fundo (0,059% ao ano). Despreocupação com escolha das ações.

03- Fazer os aportes mensais em renda fixa ou em renda variável na parte da carteira que estiver com o menor percentual, visando equilibrar os 50%RF/50%RV.
Obs: - Fazer aportes em ações apenas quando estes forem 100 vezes maior que os custos da aplicação (docs,taxa de corretagem,etc). Caso seja menor, melhor investir em RF até acumular este valor e depois migrar para RV.
Exemplo:
Gastos:
8 reais para fazer um doc para a corretora.16 de taxa de corretagem. Gasto total de 24 reais. Logo só poderia aplicar um aporte >= 2400 reais.
Motivo: Diminuir os custos da aplicação.

04- Fazer o rebalanceamento (RFxRV) a cada distorção de 20%.
Motivo: Aproveitar a distorção e pagar mais barato pelas ações em momentos de baixa e vender caro nos momentos de alta. Corrigir as distorções bruscas do mercado.


05- Considerar todo meu dinheiro, menos a conta corrente como investimento. Não há mais conta/investimento de reserva de emergência, reserva para compra de carro, apto,despesas de carro, etc, como já tinha publicado aqui.

Motivo:
Não há mais "contas sagradas", imexíveis.
A decisão do gasto com algum destes itens e de onde será retirado o dinheiro dependerá dos rendimentos dos investimentos. Como 50% do meu investimento é em renda fixa, estou tranquilo caso ocorrer uma emergência e também estarei com capital disponível para boas oportunidades de investimento, caso ocorrerem. E em caso de uma grande alta das ações, considero a possibilidade de uma pequena retirada para utilizar no que for necessário.


06- Diminuir as despesas possíveis, buscar aumentar a renda e buscar novas fontes de renda.
Motivo: Esta é obvia, mas achei interessante citá-la. Principalmente sobre as novas fontes de renda. Pois fico irritado de ter apenas o salário uma fonte de renda, como a maioria das pessoas.


07- Aproveitar ao máximo os benefícios fornecidos pela empresa que te contrata.
Motivo: Uma previdência privada, por exemplo, onde o empregador entra também parte do dinheiro investido, o seu rendimento chega a ser até maior que o tesouro direto. Aproveite até o percentual máximo oferecido pelo empregador.

08- Uso consciente e inteligente de Cartão de Crédito.
Motivo: Ter um cartão de crédito que nunca te cobra anuidade e uso em compras necessárias ou inevitáveis do mês onde não há desconto a vista é vantajoso.

09- Investir o dinheiro da conta corrente em um fundo de débito automático.
Motivo: Receber sempre, mesmo que pouco, um rendimento sobre o dinheiro que possui.

Maioria destas estratégias foram embasadas principalmente pelas leituras e discussões nos blogs Valores Reais, HC Investimentos e Viver de Renda.
Compilei as idéias e fiz uma adequação ao meu perfil de pessoa/investidor.

Estou aberto a críticas e sugestões!
Ps: Atenção. Este post está altamente sujeito a inclusões e alterações! rs Já estou querendo incluir mais alguns itens, mas deixarei para colocar em breve.

7 comentários:

  1. Gostei da estrátegia. Confesso que de todas que eu escutei esta é uma das que faz mais sentido pra mim. Especialmente a alocação 50/50 e a eliminação das contas sagradas.

    Eu estou tendendo para este lado também. Vou começar a minha primeira aplicação em Letra de Credito Imobiliário nesta semana que vem. O valor mínimo é de 30 mil. Eu vou colocar 31-32 mil. Na tampa. Paga aprox. 90% do CDI líquidos de imposto de renda. Eu vou postar detalhes no meu blog quando eu fizer a operação. Assim voce pode dar uma olhada se estiver interessado.

    Ah, gostaria de te agradeçer pelo puxao de orelha no começo do ano. Eu agora estou fazendo exercícios todos os dias (e não apenas 1 vez por semana conforme meu plano original). Confesso que requer bastante esforço - mas vale a pena. Eu já perdi 2 kilos sem maiores esforços... E me sinto com mais disposição tb!

    É isso aí

    Valeu ID

    VB

    ResponderExcluir
  2. VB,
    Alocação 50/50 foi fácil de eu aceitar, pois me traz tranquilidade. Agora a eliminação de contas sagradas demorou e muito eu aceitar devido em mexer parte do investimento de longo prazo focado na minha futura liberdade financeira. Mas no final das contas, o dinheiro é um só ! Demorou e foi difícil maturar isso na minha mente. Acredito que essa ação provoca ainda mais a análise se vale a pena gastar o dinheiro naquele momento ou se é melhor deixá-lo investido.

    Sobre crédito imobiliário, confesso minha total ignorância. Não sei nada sobre o assunto!
    "Paga aprox. 90% do CDI líquidos de imposto de renda."

    Hum... Vamos as contas básicas!
    CDI últimos 12 meses: 9,75%
    9,75% x 0,9 = 8,775%

    Título do tesouro direto LTN 010113 com vencimento daqui 2 anos:
    12,93% x 0,85 = 10,99%

    O que mais devo levar em consideração ?
    É realmente melhor que tesouro direto onde há cobrança de 15% IR depois de 2 anos ? Pq? Qual a vantagem deste tipo de investimento? Aguardo resposta no seu futuro post! :-)
    Tem também os tais fundos imobiliários, que o pessoal anda falando muito, mas não estudei...

    Quero coisa simples! O melhor possível em RF e o melhor possível em RV em um só tipo de aplicação em cada! :-)
    Se esses créditos ou fundos imobiliários forem melhor que o tesouro direto, vou ter que aceitar e fazer toda a mudança!


    Parabéns pelos empenho da saúde! Isso aí!
    Eu ando correndo um dia e no outro fazendo musculação em média 4 vezes por semana.
    E agora minha namorada vai começar a participar comigo de corridas de rua. Mais uma motivação pra mim.
    A estratégia de saúde é muito simples mas requer muita disciplina: comer bem, exercitar e dormir bem.
    Eu estou é começando a dormir 8h por dia, sempre que possível e quando consigo me livrar do computador.
    Confesso que acho que estou até emagrecendo.rs Por 2 motivos. Acho que o corpo gasta energia para restaurar dos exercícios e mais horas dormindo é menos horas que estou comendo! rs
    Ideal é termos saúde para aproveitarmos futuramente todo este nosso empenho financeiro.

    Valeu pela visita! Vamos continuar a trocar idéias!

    Abs!

    ResponderExcluir
  3. Inv. Defensivo,

    A estratégia está ótima, bem adequada ao seu perfil.

    Apesar do dinheiro ser um só, há vários objetivos financeiros. Eu nunca colocaria um dinheiro para a compra de um carro no futuro no mesmo portfolio da "indepencia financeira". Os prazos e riscos maximos suportados são bem diferentes, requerendo alocações distintas. A diferenca fica bem clara pra um porfolio de aposentadoria 100% RV e um colchão de segurança.

    Abraços,

    VR.

    ResponderExcluir
  4. Olá VR,
    Obrigado!

    Concordo com vc em relação a prazos e riscos.Mas o que aconteceria hj se fosse comprar algo como um carro, apto, é que retiraria apenas da parte da RF, pois meus investimentos em RV ainda estão no prejuízo. Na verdade a parte de RF de 50% é um mega colchão de segurança e considero até como um capital disponível para um bom futuro investimento. Por exemplo, compras com desconto maior do que conseguiria de rendimento na bolsa, talvez uma oportunidade de comprar um imóvel,carro barato. Consequentemente, o que acho que irá acontecer é que maioria das vezes a sangria será na parte de RF, a não ser nos bons momentos de RV (esse ano, tomara). Consequentemente, vejo que meus aportes mensais serão na maioria das vezes em RF para voltar o balanceamento.
    Ainda o que não defini é o percentual que colocarei em tesouro direto e poupança na parte de RF.Estou em mente em considerar o tesouro direto para retiradas apenas no mínimo depois de 2 anos, por causa do imposto de renda. E ter uma grana investida em poupança para o que irei gastar dentro do prazo de 1 ano.
    Ainda tb não estudei a questão de retirada de dinheiro do tesouro direto antes do prazo do vencimento. Só sei que pode ter momentos que a retirada pode ou não dar prejuízo.
    Ah, valeu pela dica do PIBB11 ! Conheci através do seu blog. E vc me convenceu e agora vc está saindo fora do papel...rs Mas tudo bem, seu perfil é outro!rs

    Abs !

    ResponderExcluir
  5. Suas estrategias financeiras estão ótimas. Só a conta única que tenho uma certa reserva. Por um lado parece uma idéia muito boa. Por outro lado; se voce tem um objetivo futuro - por exemplo compra de um carro - então na verdade é como se sua alocação real (para aposentadoria) fosse maior nas ações e uma parte da renda fixa seria pro carro. Parece ser interessante. Seria legal um post mostrando as vantagens e desvantagens e por que mudou.

    Abs

    ResponderExcluir
  6. ID,

    Acho que a estratégia adotada por você é a recomendável para a maioria das pessoas.
    Gostei de limitar os custo em 1%.
    Usar o cartão e crédito de maneira saudável é sempre bom também. O bom do cartão é que temos uma planilha dos gastos (dias, local e valor) na própria fatura.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. IF,
    "por exemplo compra de um carro - então na verdade é como se sua alocação real (para aposentadoria) fosse maior nas ações e uma parte da renda fixa seria pro carro."
    É isso mesmo! A idéia essa! :-)
    Pode deixar que em breve eu publico um post sobre isso. abs!

    Opa Jonatas!
    Valeu! O custo em 1% é bom mesmo... Devia ter começado a fazer isso há muito tempo! Acho que tem horas que falta parar e pensar mesmo e muito em todos os nossos atos financeiros.
    Coisas simples, matemáticas simples que podemos fazer para deixar de perder dinheiro a toa.

    ResponderExcluir