quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Mudei minha estratégia de rebalanceamento

Ao invés de rebalancear a cada 6 meses, irei rebalancear a cada distorção de 20%.
Ou seja, se em algum momento a RV ou RF chegar a 70%, rebalanceio para 50%-50% novamente. Estou seguindo o conselho do Henrique Carvalho sobre o rebalanceamento:
"Olá ID!
Fico feliz que sua estratégia esteja voltada para uma alocação de ativos, com percentuais fixos entre 2 classes (Bolsa e Títulos Públicos).
Existem diversas formas de fazer o controle da alocação da carteira:
1. Desvio percentual
2. Temporal (meses, trimestres, anos, etc)
3. Aportes
Quando estamos começando a investir, alterar a alocação da carteira com aportes (de preferência mensalmente) é bem eficiente, pois não gera custo. Caso você já esteja num ponto em que os aportes não fazem muita diferença na carteira, prefiro o desvio percentual ao temporal. Imagine a crise de 2008 correndo solta e você esperando de 1 em 1 ano para rebalancear.
Sobre IR e custos, você pode aumentar a % do desvio para fazer menos operações! Algo como 10 ou 20% de desvio pode ser um bom pedido."


E é recomendação também do INI (Instituto Nacional de Investidores).
Escolhi 20% pois esse percentual deve gerar um número razoável de rebalanceamentos a um custo/benefício interessante.

PS: Cada coisa que penso agora, já vou lançando no blog! Coisa de doido! Acho que é ansiedade! rs

2 comentários:

  1. Olá Investidor Defensivo, interessante a estrategia, 20% de desvio, seja quando for....mensalmente, anual, ou até dias...rsrsr..., estou testando esta alocação em dois diferentes ativos, RF x RV, com 50% cada até os meus 40 anos de idade, apartir dai vou diminuindo 1% da RV a cada ano que for passando, (mas isso pode mudar, é só um planejamento, no qual para evitar erro, procuro fazer tudo planejado, compras, viagens, etc....)mas não para outros tipos de ativos, como imoveis e ouro , no qual o alocação da carteira que uso é anual, por serem investimento para mim de longo prazo, sobre os posts, escreva sempre, é muito bom e importante ler os pensamento e trocar informações nos blogs
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Olá Anônimo,
    Já pensei em fazer tb a alocação descrescendo a renda variável ao longo dos anos...
    Falo que vou fazer 50%-%50% mas não sei até quando. A grande vantagem para mim dos 50%-50% é que nunca vou estar totalmente certo, mas nem totalmente errado. Já que não consigo prever o futuro dos investimentos, pelo menos sempre a metade do dinheiro estará investido na parte melhor. Acredito que dê um bom rendimento ao longo dos anos. O ótimo é inimigo do bom.
    abs!

    ResponderExcluir