sexta-feira, 12 de setembro de 2014

[Dúvida do leitor] Estratégia para pagar menos ITBI

Segue a dúvida da leitora Isabela:


"Boa Tarde!

Peço, por gentileza, sua ajuda.

Estamos prestes a fazer um financiamento habitacional de um apartamento no valor de 180.000,00 e temos 65.000,00 para darmos de entrada. Contudo, fomos orientados por uma correspondente do banco a dar uma entrada menor ( aproximadamente 20.000,00), para pagarmos menos ITBI. Não sabemos se podemos confiar ou se é mais uma estratégia do Banco.

Aqui em minha cidade, o ITBI é recolhido da seguinte forma:
2% sobre o valor da entrada
0,5% sobre o valor do financiamento

A idéia dada consiste em darmos uma entrada menor, aumentarmos o prazo do financiamento e logo no mês seguinte amortizarmos  45.000,00 do saldo devedor. No entanto, não sabemos o que é melhor, uma vez que o financiamento sofre as variações da TR.

Peço sua ajuda para tomarmos a melhor decisão.

Desde já agradeço."


11 comentários:

  1. Ando recebendo várias dúvidas específicas de leitores do blog.
    Como eu não sou um profissional de economia, preciso estudar, pesquisar para tentar produzir a melhor resposta possível.

    Creio que muitas das vezes, não consigo responder em tempo para atender a necessidade do leitor.

    Por isso, decidi começar a divulgar as perguntas mesmo antes de respondê-las.
    Com isso, pelo menos consigo ajudar divulgando a dúvida aos demais leitores e blogueiros.
    Acredito que há mais pessoas que podem e gostam de colaborar.
    Como se fosse uma pergunta de um fórum.

    Vou testar esta idéia e verificar com o tempo se irá funcionar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara pra mim isso eh rolo salvo se aparecer um contador nou advogado que explique. Itbi VC paga na transferência na escritura, dai se tao falando is talvez seja pag um tanto na assinatura do contrato e depois pagar o resto só se o município difere o de diferir, não deferir, o pagamento tal tipo paga um tanto e no fim do financiamento paga a diferença'.

      Consultar secretaria de fincas, cartio de registro de imoveis e um ADV sera mais prutivo.

      ABS, victor

      Excluir
  2. Acredito que seja melhor uma entrada melhor, provavelmente o juros do financiamento não vai ser menor que o do ITBI..Abç

    ResponderExcluir
  3. Visando apenas o pagamento do ITBI mais baixo, a solução óbvia é:
    Entrada = 0; ITBI = 900.
    Para as soluções propostas pelo autor da pergunta:
    a) Entrada = 20.000; ITBI = 1200.
    b) Entrada = 65.000; ITBI = 1875.
    b - a = 675.

    Portanto, para que a estratégia traçada pelo leitor seja vantajosa, basta que o montante pago a mais por tal operação, seja menor que R$ 675.

    Ou seja, deve simular com o agente os seguintes cenários:

    Custo para o financiamento de 160 mil, com posterior abatimento de 45 mil.
    Custo para o financiamento de 115 mil.

    Se a diferença entre as duas opções for menor que 675, a operação valerá à pena. Caso a diferença seja maior, o que você economizará com o imposto não dará para pagar os juros do financiamento de maior valor, logo a operação não valerá a pena.

    -------
    Falando agora de forma pessoal, se isso acontecesse comigo uns anos atrás eu buscaria a melhor opção do ponto de vista financeiro, economizando o máximo de cada centavo que conseguisse dentre as opções disponíveis.

    Hoje, considerando que o valor máximo que eu poderia economizar seria 675 (e apenas para o caso particular de que o custo das duas dívidas permaneceria o mesmo, ou seja, impossível) e considerando ainda que o dinheiro é apenas um meio, não um fim. Partiria para uma terceira opção, mais agradável:

    Entrada de 63 mil, financiamento de 117 mil, ITBI de 1845. Pegaria os 165 que sobraram para jantar com a patroa e comemorar a aquisição.

    ResponderExcluir
  4. Rolo para o banco ganhar mais juros. It's a trap!

    ResponderExcluir
  5. Código Tributário nacional Lei 5.172/66 Artigo 38: (ITBI)

    A base de cálculo do imposto é o valor venal dos bens ou direitos transmitidos.

    Tanto faz o valor da entrada, o ITBI é o mesmo valor.




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a base de cálculo é o valor venal, mas as alíquotas são diferenciadas

      Excluir
    2. POS = piece of shit

      Excluir
    3. A alíquota é diferenciada mas a base de cálculo é o valor do bem, não o valor da entrada.

      Rendimentos

      Excluir
  6. por que esperar o mÊs seguinte para amortizar os 45 mil? Não poderia ser já no dia seguinte? Entendo que se os juros + TR derem menos de 1,5% em um mÊs, vale À pena. Eu faria isso com certeza (na minha cidade a diferença é maior ainda: 3% contra 0,5%)

    ResponderExcluir
  7. ITBI sobre o valor do financiamento? Isso não existe

    ResponderExcluir