domingo, 15 de setembro de 2013

Cuidado com aumentos de salário

Um aumento de salário ou de qualquer outra forma de renda todo mundo acha ótimo. Mas devemos tomar cuidado para que este aumento de renda não nos distancie ainda mais da independência financeira.

Se a cada aumento de renda for utilizado completamente no presente, praticamente o que está ocorrendo é um aumento das despesas mensais. Ou seja, aumenta o nível de vida e também aumenta o capital que deverá ser acumulado no futuro.

Mas então quanto pelo menos podemos utilizar deste aumento no presente e quanto precisamos guardar para o futuro?

Criei uma planilha e fiz alguns cálculos aproximados. Para atender a maioria dos casos, cheguei a um valor aproximado de 20% a 40%. Ou seja. Só podemos gastar por volta de 20% a 40% deste aumento e o resto deve ser guardado para que no futuro que este acumulado gere de renda o que está sendo gasto no presente.

Veja a planilha. Clique aqui.

A planilha mostra o exemplo abaixo:
Para conseguir receber R$ 500 através do capital acumulado daqui 15 anos com um rendimento de 6% líquido anual, é possível gastar parte do aumento no valor R$ 200,00 (40% do aumento) todo mês e deverá guardar R$ 228,27 por mês, por 15 anos. E ainda sobra R$ 71,73 para ser usado como quiser.

Aproveite a planilha e faça suas próprias simulações.


Este post é um tópico do Guia da Independência Financeira.


Livros sobre assuntos relacionados ao artigo:

Caso você for comprar algum livro e goste do blog Investidor Defensivo ou algum artigo/post te ajudou de alguma forma, dê preferência por comprá-lo aqui mesmo, através dos meus links.

Esta sua atitude é um imenso incentivo para evolução do blog!

Desde já, MUITO OBRIGADO! :-)


como gastar menos do que você ganha


Como Controlar o Seu Orçamento: Coleção Dinheiro Sem Segredo * Reinaldo Domingos

Como controlar o se orçamento


http://oferta.vc/lSg1




29 comentários:

  1. Muito Bom ID !! vc criou uma planilha contra os efeitos da "Teoria do Gás"

    p/ quem não conhece a Teoria do Gas segue o link que complementa as informações:

    http://www.drmoney.com.br/educacao-financeira/consumo/o-orcamento-domestico-e-teoria-do-gas/

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Zé,

      Não conhecia este post do Dr. Money. Muito bom.
      É por aí mesmo!
      abs!

      Excluir
  2. Muito interessante o post... trocando em miúdos, é melhor fazer com que o aumento de salário trabalhe a favor da independência financeira e não contra...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IR,

      Exatamente! Só fiz a planilha para tentar demonstrar em números o quanto deve ser guardado. O percentual é bem alto na maioria das simulações que fiz.
      Se puder "esquecer" o aumento e guardar tudo, é o ideal. Mas sei que é complicado.

      Excluir
  3. Belo post, ID!

    Não custa lembrar que só faremos bom uso deste acréscimo em nossa renda quando passamos a calcular - e a combater - o índice de inflação pessoal. Principalmente quando este aumento estiver atrelado a um índice de preços, como IPCA, IGPM ou INPC.

    Educação financeira nunca é demais. E em muitos casos, como esse, é tudo!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LL,

      Realmente muitos aumentos de salários estão atrelados a algum índice. Já vi muitos casos de oferecerem um índice + X% de aumento.
      Sei que muitas vezes não conseguiremos guardar sempre todo o aumento, pois existe a inflação que destrói nosso poder de consumo ao longo dos anos. Mas o que pudermos guardar, já ajuda.

      Já fiz um post sobre inflação pessoal, não sei se vc já leu:

      http://investidordefensivo.blogspot.com.br/2012/05/calcule-sua-inflacao-pessoal.html

      Educação financeira sempre ajuda. E infelizmente não há milagres!
      O jeito é poupar e investir mesmo.

      Abs!

      Excluir
    2. Bem legal esse post da inflação pessoal, ID. É bem por ai mesmo... se você não tiver ciência do quanto precisa para viver, não há montante que te assegure a IF!

      Mas voltando ao assunto dos aumentos de salário, vou compartilhar dois conselhos da minha mãe:

      1º- guarde toda verba extraordinária que ganhar, porque este é um dinheiro com o qual você não deve contar.

      2º- se quiser aumento de verdade, arranje um novo emprego.

      Abraço!

      Excluir
    3. Sábios conselhos da sua mãe, LL!
      Abs!

      Excluir
  4. post simples e importantíssimo, Realmente o "natural" é q o padrão de vida suba e a pessoa se distancie mais ainda da IF, o ideal é mesmo utilizar parte do salário pra melhorar UM POUCO o padrão de vida e o restante para acelerar a acumulação de patrimônio!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo AJ,

      Senão nunca sairemos do lugar. E pior. Acabaremos é piorando a situação futura, ficando cada vez dependente a um padrão de vida cada vez mais alto.
      Ficando presos o resto da vida na famosa corrida dos ratos.

      E como vc citou mesmo, melhorar um POUCO não há problema nenhum.E até merecemos.

      abs!

      Excluir
  5. Muito simples, mas muito bom.

    Uma das coisas que eu acho, é que a partir de certo salário, os aumentos podem ser todos convertidos em aportes.

    Por exemplo, se você ganha 2mil reais, provavelmente irá gastar os 2k para viver razoavelmente...
    Se passa a ganhar 4k, vai poder viver com 3k, e aportar os outros 1000.

    E assim por diante. Só que chega um ponto em que, se vc tiver consciência, não será mais necessário aumentar os gastos fixos para viver bem (na minha opinião, 4 mil reais é esse "limite". Com esse valor da pra pagar uma casa, bancar um carro, e as contas do dia a dia (isso para um casal, sem filhos).

    Então, tudo acima disso pode ser convertido em aportes. Assim você vive bem, e ainda sim consegue investir bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VBI,
      Concordo com vc. Gostei da citação do valor de um casal sem filhos.
      Ou seja. Teoricamente este casal chegou ao valor máximo das despesas ao longo da vida. Isto propondo que irão gastar razoavelmente com saúde no futuro.

      Agora, vamos supor que o casal ainda está na fase de formação da família, ainda com filhos para nascer e sustentar.
      Creio que na grande maioria dos casos o aumento do salário será gasto com estas novas despesas.
      As despesas só irão diminuir em um futuro bem mais distante.(Se não ficar gravemente doente).

      Algumas ações que podem ser feitas é:
      - Tentar guardar máximo possível deste aumento antes do nascimento do(s) filho(s).
      - Buscar novas fontes de renda.
      - Tentar economizar para não gastar sempre todo este aumento do salário.

      Abs!

      Excluir
  6. Investidor Troll ou "Inventador Troll"?

    Todo acionista da cielo viu o desdobramento de 1:5 ocorrido em abril/maio de 2013. Só o troll que não:

    http://investidortroll.blogspot.com.br/2013/06/atualizacao-mensal-maio-de-2013.html

    Aqui ele diz que comprou 280 cielos... hum... para quem tinha 720, era para terem entrado 144 novas ações da cielo, sem a compra, totalizando portanto 280 + 720 + 144 = 1144 ações da cielo.

    Mas ele posta somente que comprou as 280, a 55,00, o que completa 1000 ações cielo. Agora, tenho certeza que ele irá procurar em todos os blogs um jeito de corrigir as mentiras dele, ou dizendo que "esqueceu" de computar ou então que as 280 já conta com as 144 recebidas... HAHAHAHAHA

    Sem contar que ele é a JOVEM INVESTIDORA, caso vocês não tenham percebido ainda...

    Olhem o alem da poupança, acionista de verdade da cielo:

    http://alemdapoupanca.blogspot.com.br/2013/05/fechamento-abril-de-2013.html

    Aqui ele fala que recebeu 1 por 5... e sua conta fecha!!!

    FORA TROLLETA FAKE MENTIROSO!!!!

    ResponderExcluir
  7. Mt sensata a analise ID!

    Devemos usar os reajustes anuais ou aumento reais de salario para incrementar os aportes e agilizar a IF e alinhado a isso tentarmos manter nossos padrões de vida um pouco abaixo do que realmente poderíamos ter, para termos folego diante de situações de gastos inevitáveis.

    Abraço,

    IM.
    investidormochileiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IM,
      Frugalidade é um grande aliado para a conquista da Independência Financeira.
      Abs!

      Excluir
  8. Não seria melhor reajustar seus aportes de acordo com a inflação por exemplo se a pessoa aporta 1000 reais e tem um reajuste de 10% ele tem duas opções reajustar de acordo com a inflação que nos ultimos doze meses foi 6% ou de acordo com o reajuste salarial que no caso foi 10% ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima pergunta Aprendiz! Olha só como são as coisas e aonde mora o perigo!

      Vou dar um exemplo com o reajuste salarial de 10%:
      Salário anterior = 5.000 reais.
      Aporte anterior de 10% = 500 reais.
      Salário utilizado no presente = 4.500 reais.
      Quantidade de anos que ainda pretende acumular dinheiro = 15 anos.

      ----
      Novo salário com reajuste de 10% = 5.500 reais.
      Novo aporte com reajuste de 10% = 550 reais.
      Novo salário utilizado no presente = 4950 reais.

      Note que seu salário aumentou 500 reais e que este reajuste no aporte de 50 reais
      não irá conseguir gerar um capital acumulado que consiga gerar os 450 reais que vc está utilizando agora, no presente, quando o futuro chegar.

      Este que é o problema! Por isso que muita gente acaba tendo que viver no futuro com uma renda bem menor do que estava acostumada no período que era assalariado!

      Entendeu?

      Abs!

      Excluir
    2. Como e possivel afirmar isso ? Quais as premissas adotadas ?

      Excluir
    3. Anônimo,

      As premissas que adotei foram:

      Capital inicial = R$ 0
      Valor do aporte mensal = R$ 50
      Rentabilidade média anual líquida = 6%

      Em 15 anos, juntando 50 reais daria uma renda de R$ 70,18 ao mês.

      Segue uma planilha para te demonstrar isto.
      https://docs.google.com/spreadsheet/ccc?key=0Amiol_bBFpTNdFdlVTBJRUp4UVlBbHlsRHZwcElwd1E&usp=sharing


      Quem acha que só aumentar os aportes proporcionalmente ao aumento de salário pode se arrepender amargamente no futuro.
      Acho o resultado assustador.

      Se tiver eu estiver errado ou eu ter esquecido algum fator, por favor me avisem.

      Excluir
  9. Eu faço assim: Minha proporção de economia salarial varia entre 60% a 80% historicamente mas a meta é 70%.

    Quando há aumento eu simplesmente ajusto a proporção. Assim em teoria 30% vai pra aumento de gastos próprios e 70% vai aportes mas aí depende da conta.

    Tem vezes que eu forço a mão e aperto ainda mais pegando só 10% do aumento pra gastos meus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobreta,
      60% a 80% é um percentual fantástico.
      Vc está aproveitando bem enquanto não é casado e mora com os pais.
      É uma ótima estratégia. Qto mais tempo tiver nesta fase melhor economicamente.
      Na fase de casado, a queda de economia salarial é drástica e inevitável.

      abs

      Excluir
  10. Jose..vc acha que estou agindo certo? Sou funcionário público e ganho 1.5k líquidos. Moro com pais e aguardo possivelmente ser chamado em outro concurso para ganhar uns 4k líquidos. Sempre separo de 400 a 600 reais por mes e taco na poupança. Como estou aprendendo ainda sobre outros meios de investimento, ainda tenho deixado na poupança. Já acumulei 20k ao longo de 3 anos. Será que esotu muito "mão de vaca" ou estou no caminho certo? Quero investir agora parte do salário em livros de educação financeira e tambem em concursos. Minha meta é passar em um bom concurso, colocar na cabeça uma renda ideal de gastos que posso ter e investir em livros, bolsas e imóveis. Compensa eu pensar dessa forma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo, segue algumas considerações:

      - Aumentar a renda.Importantissimo.Esse concurso de 4k já vai te ajudar e muito.
      - Morar com os pais até onde for viável, é ótimo para economizar.
      - Guardar 400 a 600 de um salário de 1.5k, na minha opinião vc está indo muito bem.Creio que pouca gente consegue isso.
      - Quanto a ser mão de vaca ou não, só vc pode definir isto.É bem subjetivo. E SEMPRE existirá
      pessoas que te acharão "Mão de Vaca", não importa o quanto vc está guardando. Não importe com isso.
      Siga os seus critérios e das suas necessidades de consumo.

      -Passar em um bom concurso ou ter um emprego na iniciativa privada com ótimo salário
      e saber economizar acho muito mais importante do que tentar altos rendimentos em investimentos.

      Quanto a ter 20k só em poupança, não vejo problema nenhum. Não sei a sua idade, mas creio
      que ainda não casou e não tem filhos. É bom ter uma reserva boa de emergência e também
      em reservado na renda fixa para compra de apto, casamento etc.

      Se você tem interesse em investir em ações, além de ler livros e conteúdos na internet,
      acho interessante, vc pelo menos começar a "sentir na pele" como é investir.
      Invista pouco. Vamos supor, no máximo 1.800 reais, aportando 300 reais por mês em 6 meses.
      É só um exemplo de valor. Vc que tem que definir.

      Não preocupe em ganhar. Preocupe em:
      - Aprender em como operar na bolsa
      - Como escolher ações
      - Identificar o seu perfil como investidor
      - Analisar como ficará seu emocional com as perdas ou ganhos na bolsa

      Sobre imóveis, fundos imobiliários, resolvi até o momento não investir mais neles.
      Acredito que a longo prazo as ações ainda são melhores.

      Tudo que disse é minha opinião pessoal. Não sou nenhum profissional da área.
      Sou apenas um aprendiz em investimentos como vários por aí.
      Vou caminhando com meus erros e acertos.

      Abs e boa sorte.

      Investidor Defensivo

      Excluir
  11. Ganhei um aumento, e agora?

    http://exame.abril.com.br/rede-de-blogs/voce-e-o-dinheiro/2012/01/31/ganhei-um-aumento-e-agora/

    ResponderExcluir
  12. Fala ID, tudo bem?

    Interessante seu artigo, adotei um método parecido com esse há uns 2 anos. No meu método passei a "congelar" meu salário, ou seja, não o atualizei em minha planilha de orçamento doméstico. Cara, funcionou e confesso que as vezes até "achava" que ganhava o que estava na planilha..rs

    Abraços!
    investidoringles.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Inglês!

      Muito bom! Assim vc vai longe!

      Abs!

      Excluir

Pesquisar conteúdo no blog

Carregando...

Arquivo do blog

Guerreiros Financeiros