segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Vale a pena arriscar investir o dinheiro do FGTS?


Existe uma forma utilizar o FGTS denominada:

Pagamento de Parte do Valor das Prestações

Esta é a forma mais desaconselhada pelos profissionais financeiros, pois não há amortização dos juros nos valores das prestações. Mesmo assim, quero analisar com vocês se vale a pena utilizá-lo de alguma forma benéfica.

O objetivo é analisar se é possível utilizar o dinheiro do FGTS para investir e render ainda mais o dinheiro ao invés usar o FGTS para amortizar as prestações sem juros, através das outras formas de uso do FGTS.



Prefiro fazer um exemplo em uma planilha para esclarecer melhor. Segue explicações:
- Supondo que tenha R$ 6.000,00 no FGTS.
- Tenha um financiamento imobiliário onde o juros acordado foi de 8% bruto ao ano.
- O pagamento mensal do financiamento está tranquilo, sem atrasos e dificuldades de pagar.


A proposta é:
- Utilizar os R$ 6.000,00 do FGTS para pagar parte do valor das prestações.
- Essa forma do uso do FGTS no financiamento divide os 6 mil em 12 parcelas de 500 reais e são abatidas nos valores das 12 próximas prestações.
- A cada mês, proponho investir em ações os R$ 500,00 que "sobraram" da renda mensal que estava comprometida para o pagamento do financiamento. Sobrou porque a parcela "ficou mais barata" R$500,00.
- Estou partindo do princípio que é possível ganhar mais que 8% de juros bruto ao ano investindo em ações ao médio e longo prazo.Este é o ponto chave de toda a reflexão do post. Estou dizendo que é uma possibilidade e não uma certeza. É uma probabilidade.
- Esta forma de uso do FGTS é como estivesse utilizando um empréstimo da Caixa os R$ 6.000,00 a uma taxa de 8% ao ano bruto. Ou seja, obtendo emprestado um capital a uma taxa de 8%. E tentando fazer este dinheiro render mais que 8% ao ano. Tentando obter 9%, 10% e 11% bruto ao ano.


O que observei:

- No primeiro ano, supondo que conseguisse um rendimento em ações de 8% bruto ao ano para pelo menos empatar o rendimento, na verdade meu rendimento bruto seria de 4,18%. Isto devido por ter recebido os R$500,00 a cada mês, ao invés dos R$ 6.000,00 no início do ano.
Ou seja, para pelo menos empatar no primeiro ano, teria que ter um rendimento de aproximadamente 16% bruto a.a. para no final dos 12 meses, ter rendido os 8% a.a.
E 16% bruto a.a. considero muita coisa. O risco é bem alto e probabilidade relativamente baixa de conseguir um rendimento tão alto. (Isto comparando com o  valor percentual 8% ou até com 7,25% bruto da Selic atualmente).

- A partir do segundo ano (veja a segunda aba da planilha), já em posse com todo o capital, os R$ 6.000,00 já estarão rendendo os supostos 9%, 10%, 11%  ao ano.  Ou seja. Se for possível ficar com os R$ 6.000,00 investidos por um período onde compense a desvantagem do rendimento do primeiro ano e nos próximos anos consiga mais de 8%, esta estratégia se torna interessante.


Por enquanto é isso. Ainda não conclui se a utilização desta forma seria realmente melhor do que não abater os juros de 8% do financiamento. Se realmente vale a pena arriscar ou não.

Só estou levantando a questão para debatermos. Há diversos detalhes. Não é tão simples.
O post já ficou grande. Prefiro estender o assunto via os comentários, de acordo com o interesse do pessoal.

Algumas fontes de referência:

Gastou FGTS no imóvel? Saiba usar o fundo de novo para pagar a dívida

Utilização de recursos do FGTS na casa própria








14 comentários:

  1. Interessante reflexão.
    Eu sou basicamente o seu exemplo.
    Financiei um imóvel, pago as parcelas tranquilamente. Vou ter por volta de 7k no fgts quando poderei fazer o abatimento...
    Enfim o seu exemplo real :)
    Mas consegui uma taxa de juros baixo da média (5% aa)
    Meu chute é que nessas condições seja vantagem fazer o que você falou.
    Mas com uma taxa "normal" (8% aa)abater do saldo devedor seja vantagem.
    Mas tem que simular pra ter a resposta né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eko,
      Acho que este post vai ser bem útil para muita gente. Imagina qtas pessoas têm imóvel financiado hoje em dia!rs

      "Vou ter por volta de 7k no fgts quando poderei fazer o abatimento..."

      Não sei se vc sabe, mas vc não precisa esperar 2 anos para fazer o abatimento. Muita gente acha que o abatimento só pode ser feito após 2 anos do ínicio do financiamento.
      Vc pode, por exemplo, fazer o abatimento após uns 7 meses novo acúmulo do FGTS. Mas depois desse abatimento, aí sem tem que esperar 12 ou 24 meses dependendo da forma que vc for abater novamente.

      5% ao ano bruto.

      A letra do tesouro LTN 010116 hoje está pagando 8,19% a.a bruto. Tirando o imposto de renda de 15%, o rendimento fica 6,96% por exemplo. Ou seja. Já na renda fixa, vc já estaria conseguindo mais que a taxa de de juros de 5%.

      Agora 8%, realmente é mais arriscado...

      abs

      Excluir
  2. Respostas
    1. Pobretão.

      Ainda acho que a resposta é: depende.

      Depende da disciplina do investidor, do tempo investido e da paciência.
      E tb do "achismo" que a bolsa renderá melhor nos anos futuros.

      abs!

      Excluir
  3. Olá ID!

    Partindo da minha opinião que toda e qualquer dívida deve ser paga o mais rápido possível pode sim ser um bom negócio, mas se pensar mais racionalmente me parece muito trabalho e estresse pra pouco.

    Abraço!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Corey,

      Podemos dizer que estamos dicutindo sobre a tentativa de ter uma "dívida boa". Que é a aquela que é nos cobrado o juros de 8% e conseguimos gerar como renda 10%, por exemplo.
      Vc é empreendedor e com certeza conhece e pratica bem melhor do que eu estas "dívidas boas".

      Realmente a frieza da matemática não é tudo.As vezes é melhor ter um rendimento matemático menor do que afetar muito nosso lado emocional. Depende de cada investidor.

      Quanto a parecer mais trabalhoso, sempre penso em "ganhar dinheiro" através de opções e escolhas inteligentes.
      Qual é mais trabalhoso e stressante? Ganhar 5 mil reais a mais a longo prazo apenas com uma análise de uma escolha de um financiamento, ou deixar pra lá, fazer qualquer escolha um e trabalhar ( com o próprio suor trabalho no dia a dia) mais X horas ou meses para ganhar estes 5 mil reais no futuro?

      É isso que busco. Ganhar mais apenas com escolhas o mais inteligentes possíveis.

      abs!

      Excluir
  4. ID, utilizei o FGTS para dar entrada no imóvel que adquiri, financiei o restante em 50 parcelas (juros de 8,5%), paguei 31 e quitei as 19 restantes com o saldo que havia acumulado no período. O FGTS rende 3% ao ano, as parcelas do financiamento (SACE), além dos juros (que mesmo que seja 5,5% é bem maior que o rendimento do FGTS), são acrescidas do seguro e taxa da CEF. Portanto não vejo como não ser vantajoso a utilização do FGTS. Faça os cálculos utilizando aquela planilha que você recebeu da CEF quando financiou, mas com certeza vale a pena utilizar o FGTS que rende estes minguados 3% ano ANO.
    Ivan Monteiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivan,

      Com certeza, se formos comparar os 3% ao ano versus 8% desconto do financiamento e taxas de seguro e taxa do CEF não tenho dúvidas que é mais vantajoso usar o FGTS amortizar o saldo devedor.

      Agora utilizar a forma
      "Pagamento de Parte do Valor das Prestações" e investir o dinheiro "emprestado" por 8%, estou querendo ser mais ambicioso. Estou querendo ganhar ainda mais.

      abs!

      abs

      Excluir
  5. Sou a favor de utilizar o FGTS sempre que possivel, dinheiro não rende nada la.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Ostra. O rendimento é 3%a.a.
      E enquanto isso a inflação IPCA já está em 5,45% ao a.a.
      Ou seja, nosso dinheiro só desvaloriza no FGTS.

      bjs!

      Excluir
  6. Usar o FGTS é sempre bom, como disse a Ostra, mas considero esta forma de utilização como a pior escolha dentre as três existentes atualmente, que são:

    (1) abater o saldo devedor diminuindo o prazo e mantendo o valor da prestação
    (2) abater o saldo devedor diminuindo o valor da prestação e mantendo o prazo
    (3) abater a prestação por 12 meses (a que você descreveu)

    Considero que a melhor forma é usá-lo na modalidade (1), já que a prestação está tranquila, conforme você disse.

    Mas se você acha que realmente pode superar os 8% e ainda ter a disciplina suficiente para separar o que sobrou do valor da prestação, ainda assim acho melhor a opção (2). A prestação não reduz tanto quanto na modalidade (3), mas é uma redução permanente.

    Há que se considerar também, que o FGTS só pode ser usado a cada 2 anos se não me engano.

    Meutoc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anõnimo,
      Bacana vc ter detalhado as 3 escolhas possíveis atualmente.
      Assim iremos fazer este post ficar mais rico de informações.

      Vou detalhar um pouco mais também

      Opção 1:

      Realmente os profissionais financeiros aconselham a opção (1).
      Nela estamos amortizando o saldo devedor, "ganhando" este desconto de 8% e ainda deixamos de pagar algumas taxas administrativas da caixa(ainda não estudei totalmente o peso delas no meu cálculo).
      Financeiramente, se não formos tentar superar os 8% é a melhor opção.
      Esta opção podemos abater a cada 24 meses.

      A opção 2:
      Esta é uma boa opção também. Mas pelo que sei até o momento, ela perde da opção 1 apenas por não abater as taxas administrativas.
      O lado "emocionalmente" positivo desta opção é que as parcelas mensais reduzem um pouco...
      Esta opção podemos abater a cada 24 meses.

      Opção 3:
      O que posso citar a mais do que não tinha postado, é que é possível abater a cada 12 meses.
      Ou seja, em relação a opção 1 e 2, tem essa vantagem do dinheiro ficar no FGTS no máximo 1 ano, se quiser.(Isto se vc utilizar esta opção sempre a cada 12 meses)
      Nas opções 1 e 2 o dinheiro ficaria mais 1 ano rendendo apenas 3% a.a.

      Acho que superar os 8% é mais fácil do que ter a disciplina de mês a mês por vários anos seguidos, sem nunca "pecar". rs

      abs!

      Excluir
  7. http://aprendizinvest.blogspot.com.br Boa tarde amigo. Gostei muito de seu ponto de vista.

    ResponderExcluir