sexta-feira, 12 de novembro de 2010

O que te liberta também te aprisona

Temos que tomar cuidado com os aumentos de salários.
Se o salário aumentou e o seu custo de vida não, melhor manter o mesmo padrão de vida mensal. Por exemplo, se você teve um aumento de 6%, e incorporou esse aumento no seu custo de vida, você irá gastar mais 1 ano do rendimento do seu capital acumulado

Exemplo:

Rendimento desejado: R$3.000,00
Precisa acumular para gerar este valor com expectativa de 6% líquido ao ano: R$616.396,1


Com aumento de 6%

Novo rendimento desejado: R$3.180,00
Precisa acumular para gerar este valor com expectativa de 6% líquido ao ano: R$653.379,9

Ou seja, sem nenhum aporte, teríamos que esperar mais 1 ano para os 616 mil tornarem 653 mil para conseguir o novo rendimento de R$3.180,00 ao mês. Isto com expectativa de 6% líquido ao ano.

Melhor é utilizar o aumento para acelerar a acumulação do capital.

2 comentários:

  1. ID,

    Bem verdade. Os aportes devem ser corrigidos pelo menos anualmente para corrigir a inflação. Bem lembrado.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. A inflação sempre deve ser calculada nos nossos planos financeiros.

    gostei muito do seu blog tb criei um onde pretendo contar o meu caminho até a independência financeira. Tb estou colocando o seu blog nos meus recomendados, se possível pode fazer o mesmo com o meu no seu. Aguardo sua visita

    www.investidorindependente.blogspot.com

    abraços

    ResponderExcluir